terça-feira, 16 de abril de 2013

Toca(ME)te!


Toca-me onde o céu se perdeu na linha do horizonte!
Toca-me como se o mundo deixasse de existir amanhã!
Toca-me como se derretesses o gelo que me habita a alma!
Toca-me como se me embriagasses o corpo de tesão!




10 comentários:

lusoma mar disse...


Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca,
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.
Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto,
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.
De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas, inesperadas
Como a poesia ou o amor.
(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído,
No papel abandonado)
Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
kiss

Eros disse...

Já dizia o filósofo: Toco, logo existo.

Ai não era bem isto que ele dizia? Pois... mas deveria ser.

:)

Estrela disse...

Toques que tocam a Alma....

Beijo *Estrela*do*

opusdesiderium disse...

há horas assim...
onde tudo acontece onde o céu se perde com a linha do horizonte...

1triptico

1beijo
GGT

VEM-TE PARA MIM! disse...

O primeiro toque é um esquivo olhar nos teus olhos. E desse toque subtil crescem outros toques noutros recantos que se multiplicam e multiplicam a embriaguês que desejas.
Pedes que te toque e quem te toca fica embriagado, talvez como tu.
Por isso obrigado pela embriaguês do teu desejo que embriaga quem se deleita com as tuas palavras, talvez como eu.

Luna disse...

Luis,
Inspirado!
Fiquei sem palavras para comentar!
Esboço um sorriso, chega?
:)

Luna disse...

Eros,
Não era mas agora passa a ser!
:)








Beijos

Luna disse...

Estrela,
E a alma tocada assim, levita!
:)









Beijoca

Luna disse...

Opus,
Um 5*!
:)




Há horas românticas... dá-me às vezes!






Beijo
GGT

Luna disse...

Vem-te para mim,
Agora fui eu que fiquei deleitada com as tuas palavras... o romantismo inspira e contagiar... bom de sentir!
:)