segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Fantasia ou realidade... entrega!

A noite já invadia a madrugada, o cansaço inspirava a um banho. Despi-me, e entrei na banheira, cheia de pensamentos lascivos, a água quente a cair pela pele macia, quase como uma carícia. O cheiro da espuma do Elixir de Argan invadia-me as narinas, juntamente com o perfume de baunilha que invadia a casa, das velas que queimavam... tomei o banho, e preparava-me para me besuntar com creme na frente do espelho, vi-te a olhar para mim, sentado do pequeno sofá, com o olhar de quem queria brincar. Tinhas colocado um música, a tocar, o quarto estava à média luz... massajei lentamente cada parte do meu corpo provocando-te, ordenaste-me que me deitasse na cama de frente ao espelho. Obedeci, a tua voz era uma ordem irrecusável. Deitei-me na cama, de pernas entre-abertas e virada de costas para ti, conseguia ver-te pelo espelho. com um olhar devorador, lambeste os lábios num acto provocatório... mandaste-me fechar os olhos, e mais uma vez obedeci. Ordenaste-me que me tocasse, suavemente... as minhas mãos começaram a deslizar vagarosamente pelos meus seios, brincando com os bicos, que endureciam a cada toque, as pontas dos dedos faziam desenhos imaginários... Sentia-me enlouquecida de tesão, as minhas mãos já não obedeciam à razão, tinham vida própria, acariciando cada centímetro de mim, e enquanto uma permanecia nos seios, a outra deslizava pela barriga, contornando cada curva, provocando arrepios... ouvi a tua respiração silenciosa, quase sentia o calor do teu desejo, a vontade que tinhas de me possuir... continuei o trajecto descendente fazendo pequenos círculos no umbigo como se fossem teus lábios, ávidos de desejo, desci mais um pouco, estava molhada de tesão, penetrei-me com um dedo, vezes sem conta, alternando o ritmo entre o lento e o rápido, depois novamente lento, e rápido, lento e rápido... o prazer de me sentir cada mais húmida aumentava a vontade que tinha de ti. Uma onda de calor envolvia-me o corpo, entorpecendo-me a mente, escaldava, enlouquecia cada vez mais... ouvia a tua voz, como se fosse um sussurro junto ao meu pescoço, vem-te toda para mim, quero ouvir-te gemer!... Subi a mão que me penetrava e desci a outra, provei-me, lambendo o dedo... gemi baixinho, continuei a "comer-me" com a outra mão, agora com uma velocidade maior, mais ritmada... mais, mais, mais... gemia, contorcia-me de prazer, vinha-me como desejavas, sossegava um pouco e continuava, aumentava cada vez mais a vontade de me sentir possuída por ti, vinha-me mais uma vez, e implorava por ti, entre os gemidos que saiam da minha boca... sucumbia aos desejos insanos do meu corpo abandonado pela razão, estava exausta da tortura, sabia-lo... a música tocava repetidamente, e senti o aproximar do teu perfume, cada vez mais intenso, exalavas desejo, lúxuria, tesão... e calaste-me os gemidos com a tua boca...

12 comentários:

Prazeres do Norte disse...

Hum....Toda essa tua bela tesão no ar...Adoro...
Torna realidade...

Beijos com Prazer

Ness disse...

Também gosto do reflexo no espelho sob a luz de três velinhas apenas...

Me disse...

Prazeres,
Quem disse que é apenas fantasia?!... hummm
Mistério...






Beijos

Me disse...

Ness,
Sê bem vindo!
É bom sim... as sombras dançantes num qualquer espelho perdido no espaço da luxúria.




Beijo

Orquídea Selvagem disse...

Me, desta vez superaste-te!!!
Caí "na asneira" de ler o teu texto ao mesmo tempo que ouvia a música que propuseste... e o resultado foi surpreendente!
As letras ganharam volume... som... e arrastaram-me para outra dimensão. Eu estive lá (a um cantinho) a olhar-te reflectida no espelho.

Muito bom! Adorei.

PS: vou levar a música, posso?

Me disse...

Orquidea S,
Ai... fiquei a babar com o teu comentário... exagerada. E coloquei a música de propósito, cria ambiente... e supero-me sempre no que diz respeito a mim mesma.


ui... estiveste lá, caramba não dei por nada! ;)



Leva a música, é fantástica! :))






Beijos

Fogo disse...

só de imaginar... OMG que tesão... que cena...

Me disse...

Fogo,
Se assim é, um dos objectivos está cumprido...







Beijo

Fogo disse...

E a foto é deliciosa...

Me disse...

Fogo,
A imaginação é poderosa... às vezes, é capaz de fazer grandes milagres, ou não...





Beijos

Water disse...

...delicioso...

Me disse...

Water
Obrigado! :)





Beijo